[ editar artigo]

4 desafios ao participar do EIA - European Innovation Academy

4 desafios ao participar do EIA - European Innovation Academy

 

É sempre bom sair da sua zona de conforto, e que jeito melhor de fazer isso do que se desafiar? É exatamente isso que acontece no European Innovation Academy nas três semanas em que se passa o programa, todo dia é uma surpresa nova que o programa apresenta para você. Então eu estou aqui para contar para vocês quais foram os 4 maiores desafios que eu enfrentei durante minha estadia em Cascais desenvolvendo a plataforma The Project com meus amigos Onna, Mikkel, Sheryl e Mariana.

 

APRENDER COMO SE FOSSE A PRIMEIRA VEZ.

Por eu já ter participado de Startups no passado e ter desenvolvido a minha própria Startup no Startup Chile, eu sabia que eu tinha alguns vícios quando se tratava desse assunto. Eu sei que as escolhas e ações que eu tomei antes foram responsáveis pelo fechamento da minha startup. Queria ver coisas de outro modo e absorver o máximo de conteúdo possível, por mais difícil que fosse.

 

TER A MENTE ABERTA AOS OUTROS

Isso foi algo que eu percebi durante o decorrer do programa, muitas pessoas tinham essa predisposição de não aceitar algo que lhe foi dito ou algo que acontecia com elas. Algumas vezes, eu mesmo me encontrei nessa posição. Eu foquei muito em ter a minha mente aberta para os outros, não importava quem fosse e tinha que estar disposto a ouví-las e pensar a respeito do que me foi dito/feito.

 

TENTAR TUDO QUE EU PODIA

Além de trabalhar com empreendedorismo aqui na HAG, eu já participei de um programa com o mesmo foco feito pelo MIT e em ambos cenários eu já deixei de tentar algo que poderia ser benéfico para a startup por achar que não iria dar certo, ênfase em ''Achar'', ou por ser algo muito desconfortável para a minha pessoa. Um ótimo exemplo disso foi a validação cara-a-cara com estranhos. Eu nunca tinha feito isso, nem mesmo no MIT e isso foi extremamente desconfortável no começo, tomar um não em pessoa e bem mais dolorido do que alguém não responder um email ou uma mensagem.

 

 FOCAR MAIS EM UMA ÁREA ESPECÍFICA

O EIA demanda muito de seus participantes mentalmente e às vezes você acaba fazendo de tudo: desenvolvimento, marketing, design etc…
E você precisa confiar nas pessoas que estão trabalhando ao seu lado, por mais que você não concorde com o que eles estão fazendo, e focar no seu próprio trabalho.


 

The Business Change
Pedro Romagnoli Gusso
Pedro Romagnoli Gusso Seguir

"Real sign of intelligence isn't knowledge, it's imagination" - Albert Einstein. Business Transformation @ HAG Ventures.

Ler conteúdo completo
Indicados para você