[ editar artigo]

6 perguntas que você precisa responder SIM antes de lançar seu MVP

6 perguntas que você precisa responder SIM antes de lançar seu MVP

Antes de começar a desenvolver seu produto, é importante entender se ele realmente será um MVP. Para isso, separei essas seis perguntas que você precisa responder SIM para saber se você de fato possui um Minimo Produto Viável.

 

MVP checklist:


1. Meu produto, mesmo na etapa em que está hoje, consegue criar valor para os clientes e, portanto, tem possibilidade de ganhar tração no mercado?

A relevância da solução é muito mais importante do que a solução final, e é justamente esse valor que fará seu MVP encontrar eco no mercado.

2. Meu produto tem recursos suficientes para testar viabilidade no mercado?

Um MVP não pode ser algo completamente abstrato, por isso, você precisa apresentar ao seu público algo que seja tangível. Você pode utilizar o método BEM, que já falei aqui para validar com seu público.

3. Eu tirei tudo que é supérfluo e mantive só o essencial?

Um produto ou serviço, para obter eco no mercado, sempre vem para sanar uma dor principal e, por vezes, acaba trazendo valores secundários, mas é importante nesse momento manter o foco apenas na proposta única de valor.

Leia mais aqui: MVP: Realmente Mínimo, Viável e Realmente um Produto

4. A principal característica do meu produto é a criação de maior valor no menor prazo?

Outros recursos e atualizações podem ser adicionados nos próximos lançamentos, com base no feedback dos primeiros clientes ou usuários.

5. Esta versão do produto me permite entrar o mais rápido possível no mercado, já entregando o valor pretendido para os clientes?

É a partir da validação da entrega de valor que um MVP é aperfeiçoado tanto no valor que ele deve entregar quanto nos mecanismos necessários para a entrega, e isso precisa acontecer desde o dia 0.

6. Mesmo com o conjunto mínimo de recursos, meu produto ainda pode funcionar corretamente e não ter bugs?

É importante realizar testes preliminares antes de lançar seu MVP, para que a interação possa acontecer de maneira completa e a experiência do usuário seja o mais próximo possível do esperado para a solução final.

 

Além disso, você pode criar um "Storyboarding Instructions" para facilitar a interação com o usuário. Darei umas dicas sobre isso na semana que vem, fiquem ligados!

 

 

The Business Change
Ana Paula Ribeiro
Ana Paula Ribeiro Seguir

Designer, apaixonada por comportamento de consumo e novas fomas de pensá-lo!

Ler conteúdo completo
Indicados para você