[ editar artigo]

DE ENGENHEIRO PARA ENGENHEIRO: 05 DICAS PARA O FUTURO

DE ENGENHEIRO PARA ENGENHEIRO: 05 DICAS PARA O FUTURO

Desde que me tornei um engenheiro, já se passaram mais de 40 anos de vida profissional muito ativa. Hoje, atuo em consultoria e governança. Ao longo destes anos, pude percorrer um caminho muito estimulante e gratificante até a Presidência de empresas multinacionais e Conselho de empresas no Brasil.

 

Muitos dos engenheiros de grande sucesso profissional obviamente construíram suas carreiras trilhando a profissão de engenheiro, acumulando conhecimento técnico e experiência em criar soluções para os problemas complexos. Mas muitos engenheiros que alcançaram grande sucesso profissional construíram sua carreiras expandindo o seu papel nas organizações e no mercado, extrapolando a função técnica original do engenheiro.

 

Mas, da minha própria experiência e trajetória profissional, alguns aprendizados podem servir para os novos engenheiros:

 

Desenvolver formação ampla, muito além da engenharia, pode ser o primeiro ponto a considerar. O crescimento profissional requer muito mais do que obtemos na engenharia. O que aprendi é que os conhecimentos adquiridos além da minha formação original de engenheiro foram cruciais para o meu desenvolvimento profissional. Ao longo dos anos, percebi como é difícil o crescimento nas organizações para um engenheiro que carece de habilidades para gestão de pessoas, comunicação, idiomas e trabalho em equipe, como exemplos mais triviais.

LEIA TAMBÉM: O que o mercado de trabalho procura?

Criar e desenvolver o seu network pode parecer algo subjetivo e pouco útil no início da carreira, mas como qualquer atividade profissional, o seu círculo profissional e social pode ser de grande importância ao longo da vida profissional. Oportunidades são apostas e alguém precisa apostar na sua capacidade para oferecer oportunidades de negócios e promoções.

 

Desenvolver e “vender" o seu potencial, ao invés de “vender” a sua produção. A crença de que produzir é o melhor caminho para a sua evolução na carreira pode ser uma noção ingênua quando se trata de buscar novas oportunidades. A menos que você convença o seu entorno de que você possui um potencial subutilizado e que poderia ser muito mais produtivo, útil e capaz de agregar valor, as grandes oportunidades não chegarão a você. A essência do crescimento profissional é o desenvolvimento constante do seu potencial e a sua “venda” para aqueles que podem favorecer o seu crescimento.

 

Possuir dinheiro, é possivelmente a recomendação mais inusitada para a maioria dos profissionais, incluindo os engenheiros. Mas o princípio é muito simples, partindo-se da premissa de que quem depende do emprego e do salário para pagar as contas de cada mês não é independente e terá muito receio em dizer o que pensa. Nenhum profissional consegue demonstrar o seu valor sem dizer o que pensa e sem externar sua próprias ideias. Uma reserva mínima em dinheiro livre de 1 ano ou 2 anos de salários pode propiciar a segurança que falta para muitos.

 

Saber agregar valor para o negócio, significa ter consciência da sua função em termos de valor agregado. A remuneração profissional é sempre uma fração do valor agregado pelo nosso trabalho. Para cada cargo e para cada posição dentro das organizações e das empresas há uma forma específica de agregar valor. Um engenheiro, no início da sua carreira, tem como forma de agregar valor a solução de problemas técnicos relativamente simples. Com o tempo, com a sua experiência e seu conhecimento, passa a agregar valor produzindo soluções para problemas cada vez mais complexos e de maior responsabilidade. O crescimento hierárquico demandará outras formas de agregação de valor que o engenheiro deverá descobrir. Pergunte-se sempre, como um engenheiro agrega valor, como um coordenador agrega valor, como um gerente agrega valor e como um diretor agrega valor.

 

Yoshio Kawakami

Formação em Engenharia de Produção e Mecânica, pós-graduado em Marketing e Propaganda (ESPM), Empreendedorismo (USP) e Gestão/MBA (SDE). Foi presidente da Cummins no Japão e da Volvo CE na América Latina.

Linkedin

yoshio@raizconsultoria.com.br

Setembro, 2019.

The Business Change
Ler conteúdo completo
Indicados para você