[ editar artigo]

HAG.Academy pelos olhos de uma — quase — engenheira

HAG.Academy pelos olhos de uma — quase —  engenheira

Muito se diz hoje sobre as mudanças do mercado de trabalho. Somente um diploma, em grande parte das vezes, já não te garante um emprego em uma área desejada. Você já sabe em que área quer trabalhar quando se formar? O que você precisa para iniciar no mercado de trabalho? O que pode garantir a sua contratação? O que aprendemos na faculdade é realmente suficiente?

Essas entre outras muitas perguntas são feitas para os jovens. A questão é que hoje em dia precisamos sair dessa caixa que somos colocados durante a graduação. Aprendemos, principalmente na área de exatas, a seguir uma linha de raciocínio exata e com variações conhecidas para atingir o resultado que desejamos. Nem sempre é possível alcançá-lo e nos sentimos perdidos.

Durante esses anos no curso de Engenharia Civil busquei oportunidades que saíssem da Construção Civil em si, que é basicamente o que aprendi na graduação, e descobri o quanto amo e admiro a engenharia mas que ela abre um leque infinito de opções para o mercado de trabalho, só preciso descobrir mais, abrir meus olhos e minha mente para conhecimentos que vão além dos que nos são ensinados normalmente.

Na "era das startups" vi que é possível trabalhar com algo que me atrai muito: fazer a diferença na vida das pessoas por meio de uma coisa fascinante: a tecnologia. Com esse propósito decidi entrar no curso de Aceleração de Pessoas da HAG.Group. Minhas expectativas se condiziam em aprender mais sobre esse mundo de startups e empreendedorismo.

Hoje, passando da metade do programa, fico muito feliz em ver que minhas expectativas foram, de longe, superadas. Aprendi na prática a desenvolver uma criatividade que estava travada, aprendi a expressar melhor minhas ideias e aprendi muito sobre o complexo e incrível mundo de marketing digital, desenvolvendo projetos reais com a mentoria de um time muito experiente.

As conquistas não chegaram de forma tão rápida e fácil. No começo minha dificuldade era nítida e me senti um pouco perdida por não ter tantos conhecimentos na área, mas a prática semanal dos projetos, as pesquisas necessárias e a ajuda dos mentores e dos meus colegas me fez adquirir em pouco tempo muito mais conhecimento do que achei que seria possível no programa. Não é tão fácil perceber que tudo que nos foi dito que era suficiente para se ter sucesso talvez não seja mais o bastante. Mas é um sentimento de alívio perceber que esses conhecimentos, que vão além da nossa caixa (a qual muitos imaginam que não exista), podem nos levar longe.

Deixo aqui registrados desde já meus sinceros agradecimentos e minha satisfação pela participação no programa. Para você, leitor, um conselho: se permita, saia da caixa, o céu é o limite. :)

__________________________________________________________________

Edit: 25/07/2019 

Últimos dias de inscrição para segunda edição do Programa de Extensão Universitária BluePrint You 2019

Vagas limitadas, inscreva-se clicando aqui

 

 

The Business Change
Débora Luiza Wendt
Débora Luiza Wendt Seguir

Graduanda em Engenharia, apaixonada por planejamento, inovação e viagens!

Ler conteúdo completo
Indicados para você