[ editar artigo]

Mentoria: 7 Passos obrigatórios para saber escolher, acessar e trabalhar com mentores!

Mentoria: 7 Passos obrigatórios para saber  escolher, acessar e trabalhar com mentores!

Ao longo dos últimos +6 anos, atuando como mentor no Brasil, USA, EU, Ásia, LATAM e Oriente Médio, tive a oportunidade de conhecer, aprender e compreender muita coisa sobre culturas, diferentes perfis de empreendedores e mentores, as peculiaridades de ecossistemas de inovação mundo a fora e sobre como esses atores se relacionam.

Dito isso, quero começar esse post tratando dos principais passos para resolver o dilema: ter (ou não) um mentor ou mentores e como escolher.

Qual deve ser o perfil do mentor da sua startup? Comece com:

1) Faça um exercício aprofundado entre você e seus sócios para analisar e mapear, diante do desafio que escolheram, quais são os principais pontos nos quais precisarão e se beneficiarão da experiência e apoio de alguém de fora;

2) Listem exatamente quais são os aprendizados que precisam construir através dessa relação;

3) Separem a lista em dois grupos: a) ítens estratégicos (internacionalização, desenvolvimento da empresa e dos sócios/time, etc); e b) ítens táticos ou específicos (questões jurídicas, networking comercial, finanças, etc);

4) Decidam se focarão em mentorias estratégicas ou específicas ou ambas. Definam se querem ter apenas uma conversa pontual ou se têm interesse em uma relação mais longa e próxima. Isso vai ajudar a entender o quanto tempo e esforço precisam do mentor e, por fim, se estão dispostos a recompesá-lo pela contribuição. (Conversas pontuais são normais em encontros casuais como em eventos, bem como um eventual convite para um café - pague o café - se vire para se encaixar na agenda do mentor referente a local, data e horários, não custa nada ser gentil com quem estendeu a mão para você!);

5) Após terem cumprido os passos 1 a 4, mapeiem, através do LinkedIn, da sua rede de contatos, eventos, etc, quem são os mentores que melhor se adequam as suas necessidades. Avaliem os perfis, experiências prévias, referências, etc, até formarem uma lista dos "mentores dos sonhos", procurem entender se esses mentores se interessam pelo seu ramo de atividade e, finalmente, tentem fazer contato, não exagerem e nem sejam stalkers!!

POR FIM, lembrem-se de cuidar das questões abaixo para que essa relação possa ser produtiva, eficiente, eficaz e efetiva!!!

6) Tenham objetivos claros e uma relação transparente desde o início. Para tanto, estabeleçam as expectativas mútuas, disponibilidades de tempo, temas, áreas, questões ou ítens específicos, bem como se existirá algum tipo de recompensa, remuneração ou compensação pelo tempo e dedicação do mentor (isso se aplica apenas para relações de longo prazo). Expectativas claras e bem estabelecidas contribuem sobremaneira para o resultado!! Não abuse ou se aproveite da boa vontade, mas também não estabeleça relações de mais longo prazo ou que tenham algum tipo de compensação antes de estarem certos do valor que essa relação pode aportar para a startup!!

7) Os empreendedores são os responsáveis pela empresa e pelo seu sucesso, mentores são "conselheiros" que podem contribuir com experiência e outros pontos, mas não podem e não devem escolher pela startup ou por seus sócios!! Além disso, a seleção e duração da relação é de responsabilidade do empreendedor, não procure por rótulos, certificações, instituições, etc, procure por pessoas que possam ajudá-los a ir mais longe e que tenham a experiência necessária para tal, ISSO É SUA RESPONSABILIDADE!!

Espero ter ajudado a clarear as idéias sobre como entender o que você precisa, como encontrar o mentor certo e de que forma estabelecer e manter essa relação!!

Comente aqui o que achou, compartilhe sua experiência ou poste aqui suas perguntas, terei prazer em responder!

 

The Business Change
Rodrigo de Alvarenga
Rodrigo de Alvarenga Seguir

Mentor, inovador, empreendedor, investidor, apaixonado por educação e professor. Membro de comunidades nacionais e internacionais focadas em empreendedorismo de alto impacto social & tecnológico, como Startup Grind, HIVE & Founder Institute.

Ler conteúdo completo
Indicados para você