[ editar artigo]

O significado de uma marca

O significado de uma marca

O significado de uma marca representa tudo o que uma empresa é. Elas podem ser comparadas a pessoas, têm nome, identidade, DNA, personalidade e uma razão de existir.

Em meio a tantas marcas entrando e saindo do mercado o tempo todo, o consumidor se torna cada vez mais exigente. É necessário que ela esteja viva, e crie um vinculo com o seu público para se tornar relevante, exatamente como acontece em nossas relações pessoais.

Após a Revolução Industrial, o consumidor se importava com as características que um produto possuía, o valor era atribuído à função. Com os avanços tecnológicos, e a informação cada vez mais ao alcance de todos, essa percepção começou a mudar e a importância passou a ser os benefícios que os produtos trariam. Hoje, uma soma entre experiência e identificação é o principal fator decisório na hora da compra.

Você já parou para pensar qual a identidade da sua marca, o que ela representa, ou pretende representar no mercado?

É preciso entender quais significados constroem a imagem de uma marca, entender quem essa marca é ou pretende ser, com quem ela quer se comunicar e construir um relacionamento e por que ela existe.

Marca não é um conceito fácil de ser definido. Em teoria é a representação simbólica de uma entidade de qualquer tipo e permite identificá-la através de símbolos, ícones, signos ou uma simples palavra. Mas na verdade, ela é muito mais do que isso.

Uma marca é uma organização, que se constitui pela soma de diversos elementos: pessoas, maquinas, produtos e tudo o que envolve a materialização de uma empresa.

A personalidade de uma marca é o que mais a aproxima do ser humano. Quando começamos a construir um negócio, uma das primeiras etapas é entender o público alvo e descobrir se o produto/serviço proposto encontrará eco no mercado. Nessa fase, já é possível conhecer um pouco sobre o comportamento do público e descobrir se a sua marca irá se comunicar e se relacionar com ele.

O planejamento estratégico de como oferecer o produto/serviço, o posicionamento de mercado e o tom da comunicação são elementos que ajudam a construir a personalidade e o significado da marca. Quanto mais forte e claro for cada item de personalização, mais fácil será identificação dessa, por exemplo, quando você vê um smartphone com um botão redondo, você já sabe de qual marca ele é? E quando vê uma maçã mordida em situações aleatórias, qual marca vem à sua cabeça?  A Apple é um dos melhores exemplos de marca que conseguiu integrar todos os elementos ao ponto de atingir um patamar de familiaridade no qual é possível identificá-la a partir de signos que vão muito além da logomarca.

Apesar de todos os esforços, e de tudo o que o que imaginamos para uma marca, é a percepção do público - consumidor ou não - que irá validar os conceitos e valores que ela busca transmitir.  Neste sentido, sua identidade é constituída pela percepção e interpretação dos seus atributos.

O relacionamento com as marcas acontece devido ao que elas representam, e quanto mais significados elas tiverem, mais fortes serão.

The Business Change
Ana Paula Ribeiro
Ana Paula Ribeiro Seguir

Designer, apaixonada por comportamento de consumo e novas fomas de pensá-lo!

Ler conteúdo completo
Indicados para você