[ editar artigo]

5 passos para descobrir o posicionamento do seu produto frente ao mercado

5 passos para descobrir o posicionamento do seu produto frente ao mercado

O posicionamento do produto não é novidade para ninguém, porém o intuito aqui não é conceituar nada, apenas mostrar que o posicionamento de qualquer coisa não pode vir da sua cabeça. 5 etapas já são mais do que suficientes para conseguir um posicionamento validado e pronto para colocar na rua.

 

#1 – Suposições: provavelmente você já deve ter feito um canvas, anotações ou outro documento que já possua suposições do mercado. Se não fez, é importante ter pelo menos algo que você possa consultar (algo um pouco mais formal do que uma anotação de guardanapo). Essa parte é com você, veja o que se adequa melhor no seu caso. Um dos mais usados e interessantes, porque permeia várias partes do seu negócio é o canvas. Esse documento será crucial para os próximos passos.

 

#2 – Entrevistas: nada, mas nada mesmo, pode validar um público sem passar por uma entrevista. Ela é o pilar de qualquer validação e você terá que executá-la algumas vezes. Formulários online, gravações com pessoas em shoppings ou nas ruas. Tenha em mente que quanto mais variações de métodos (online e offline) com públicos diferentes e perguntas diferentes, mais concreto será seu mapeamento. Um exemplo: enviar formulários para gerentes de marketing na faixa dos 30. Em relação as perguntas, foque no mínimo de perguntas possíveis (5 já está bom) e que NÃO GUIEM A PESSOA. Perguntas como “você compraria isso” ou “quanto você pagaria por isso” não valem. Não guie seu entrevistado, deixe que ele chegue aonde você quer que ele chegue, se chegar. Uma entrevista honesta pode revelar coisas surpreendentes.

 

#3 – Refinar: ou refazer, isso dependerá do resultado do passo anterior. Você terá que ajustar seu negócio baseado no feedback dos entrevistados. CUIDADO: não seja apegado com seu produto, porque ele pode não ser viável do jeito que você imagina. Talvez tenha que pivotar ou desistir de certas ideias, infelizmente isso acontece. Agora, é a hora de resgatar o seu documento do passo 1. Compare com as respostas que você possui e veja se divergem muito. A partir desse ponto, você poderá refazer seu documento, que diferentemente de antes, estará embasado e pronto para ir para a rua.

 

#4 – Personas: nesse processo você irá criar exemplos de perfis de pessoas que você entrevistou de forma concreta. Por exemplo: João, 36, gerente de marketing de uma grande agência que prefere agilidade à complexidade em uma plataforma de e-mail marketing. Isso é um perfil baseado em suas entrevistas, você pode criar mais de um (2, 3 ou mais). Isso irá te orientar em quais perfis você poderá mirar no marketing e qual a melhor abordagem para cada um.

 

#5 – Ir para a rua: o teste definitivo. Nessa etapa você irá comprovar, de fato, se você está no caminho certo ou não. Então faça seu marketing e venda! De simples, só o descritivo dessa etapa, mas ela vai ser complexa porque cada negócio funciona de uma maneira. Você terá que descobrir a sua. Posso escrever o quanto eu quiser sobre como validar seu negócio, sem prática exaustiva, de nada vai adiantar.

 

Esses passos serão executados várias e várias vezes. A validação é essencial para uma startup e para uma grande corporação. Em qualquer negócio o aprendizado nunca para e nunca deve parar, senão o negócio estaciona e estará fadado ao fracasso.

Portanto, boa descoberta e validação!

Startups

The Business Change
Pedro Romagnoli Gusso
Pedro Romagnoli Gusso Seguir

"Real sign of intelligence isn't knowledge, it's imagination" - Albert Einstein. Business Transformation @ HAG Ventures.

Ler conteúdo completo
Indicados para você