[ editar artigo]

Os 13 maiores Motivos de mortalidade para Startups

Os 13 maiores Motivos de mortalidade para Startups

Semana passada, falamos sobre as estratégias dos campeões, como usam agilidade e foco para ganhar mercado e enfrentar empresas muito maiores. Contudo, essas lições não foram aprendidas olhando as startups que são bem sucedidas, mas as que deram errado. Você deve estar pensando:”O Quê?”, mas na verdade há uma explicação pra isso - se chama: Viés de Sobrevivência, mas isso é assunto para um post por si só. O importante é lembrar: aprender com o erro dos outros é bem melhor. 

RiP

A CB Insights é uma plataforma de inteligência, que faz vários estudos sobre o mercado de startups e investimento anjo- e tem uma newsletter sensacional. Nesse ano, eles compilaram um estudo explicando os principais porquês de startups “partirem desta para melhor”. Os motivos foram apontados pelos próprios fundadores dessas startups durante uma série de entrevistas e foram separados os motivos que mais apareceram. Bom, vamos aos motivos. Mas, antes, um minuto de silêncio.

#13- Erro ao Pivotar (10%)

Pivot Moving GIF

Quando uma startup muda toda sua estratégia, pode dar tudo certo- ou tudo errado. Esse momento precisa ser muito bem estudado e precisa ser validado por dados concretos.

#12- Desarmonia entre time/investidores (13%)

Startup não é House of Cards, nem filme de faroeste, desentendimentos entre fundadores ou com investidores podem ser fatais.

#11- Falta de Foco (13%)

Projetos que distraem, funcionalidades novas sem validação, atingir todos os mercados ao mesmo tempo dá errado- sempre. Startups precisam de foco, essa é a grande vantagem delas afinal.

#10- Produto no tempo errado (13%)

Antes demais, pode ser difícil- e caro- para convencer clientes desconfiados com a novidade; tarde demais, pode ser difícil- e caro- convencer clientes a sair do seu concorrente.

#9- Ignorar clientes (14%)

Achar um jeito de ouvir seus clientes é essencial para conseguir crescer. Logo, não ouvir é essencial para “ir desta para a melhor”.

#8- Marketing Inadequado (14%)

marketing sale GIF by South Park

Ter um público-alvo, personas, canais definidos e uma estratégia de marketing alinhada com os desafios da startup é, obviamente, importante. Mas muitos fundadores não tem as habilidades de promover o produto e conquistar clientes.

#7- Produto sem Modelo de Negócio (17%)

É como ter um carro sem rodas. Pense no produto como um meio, um canal, de levar seu negócio para a maior quantidade de pessoas possíveis. Lembre-se: sua empresa precisa resolver um problema/necessidade real do melhor jeito possível, esse é o seu negócio.

#6- Produto não-amigável ao usuário (17%)

Parks And Recreation Technology GIF

Se o cliente não entender o sentido do produto ou não conseguir usá-lo, ele não continuará sendo seu cliente por muito tempo. Parece simples, mas 17% das startups relataram isso- então não deve ser tão simples assim.

#5- Problemas de Preço ou Custo (18%)

Como cobrir seus custos e ainda atrair clientes? Como fazer planos de SaaS adequados? Deveria cobrar mais ou menos? Estou gastando demais? Perguntas que, quando não respondidas, podem custar muito caro literalmente e figurativamente.  

#4- Perder para a Competição (19%)

A partir do momento em que uma startup tem sucesso, várias “imitadoras” aparecem. Algumas podem acabar atrapalhando, outras não. Mas tenha cuidado com as que podem te tirar do mercado.

#3- O time não era o certo (23%)

Fundadores de startups precisam de muitas habilidades. Em time, isso se torna mais fácil. Uma equipe com skills e conhecimentos complementares é a primeira coisa que investidores observam.

#2- Sem dinheiro para continuar (29%)

Poor John Travolta GIF

Todos os erros podem levar ao mesmo fim: ficar sem dinheiro para continuar. Não à toa, é o segundo motivo mais relatado e o pesadelo de qualquer startup.  

#1- Sem necessidade de mercado (42%)

Aquele produto que leva à pergunta:”Mas quem compraria isso?”. Posso estar parecendo repetitivo, mas nunca é demais frisar: resolver, de maneira eficiente, um problema ou atender, de maneira surpreendente, uma necessidade dos seus clientes é o único modo de dar certo. Descobrir que não há necessidade de mercado para seu produto é o pior diagnóstico para uma startup e, geralmente, um indicativo que quase todos os outros problemas mencionados acima vão começar a se manifestar.

Sobrevivendo

Partir de uma ideia para se tornar uma startup bem sucedida é um caminho interessante. Muitas armadilhas e desafios absurdos, mas muito aprendizado e desenvolvimento- pessoal e profissional. Alguns conseguem muito sucesso, mas muitos outros ficaram pelo caminho e, é com essas pessoas, onde pode-se aprender mais. Além disso, pessoas que erraram tem maiores chances de revelar tudo o que aconteceu- essa é uma boa dica. 
 

Startups

The Business Change
Gabriel Henrique Dalmolim
Gabriel Henrique Dalmolim Seguir

Economista, curioso e entusiasta por tecnologia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você