[ editar artigo]

Plataformas de tradução para internacionalização de empresas de tecnologia

Plataformas de tradução para internacionalização de empresas de tecnologia

A primeira plataforma que você precisa para internacionalizar a sua empresa é o Inglês.

A comunicação eficaz é essencial para o sucesso de qualquer negócio, principalmente em um mercado internacionalizado. Saber outro idioma quebra barreiras, promove o intercâmbio internacional e expõe indivíduos e empresas a diversas oportunidades. 

Saber falar Inglês é uma das habilidades básicas necessárias para ter acesso às oportunidades globais. Esse é um dos idiomas mais falados do mundo, o terceiro, para ser mais exata, apesar de o Chinês ser o primeiro, convenhamos que é muito mais fácil viajar ou fazer negócios com os mais diversos países sabendo falar Inglês do que Chinês.

Em diversas partes do mundo as pessoas são capazes de falar mais de um idioma com facilidade; infelizmente, não é o caso do Brasil. De acordo com o Índice de Proficiência em Inglês (English Proficiency Index), que analisa o nível de inglês entre 88 países, o Brasil ocupa a posição 53ª, com uma pontuação de 50,93. Essa é uma característica do continente Latino Americano, que está somente à frente do Oriente Médio, com uma pontuação de 50,33, enquanto a média mundial é 53,34. 

A falta de habilidade dos profissionais brasileiros em falar outros idiomas corrobora para a nossa baixa participação no mercado internacional, isso é verdade, especialmente, entre startups e pequenas e médias empresas. Quando analisamos, por exemplo, o mercado de Software, o Brasil movimentou 39,5 bilhões , de um total movimentado de US$ 2,07 trilhões, em 2017. Isso reflete 1,9% do PIB brasileiro, parece muito, mas representa somente 1,8% do total de investimentos de TI no mundo

Internacionalizar um sistema parece ser uma tarefa complexa, principalmente para quem está começando um negócio e possui poucos recursos. Para empresas de tecnologia, o desafio está na necessidade de ter alguém no time que compreenda línguas estrangeiras e tenha o conhecimento sobre culturas, além de habilidade técnica, e, por aqui, esse tipo de profissional é difícil de encontrar. 

No entanto, isso não pode ser desculpa para desbravar outros mercados. Já existem muitas ferramentas a partir das quais é possível coletar, traduzir e fornecer conteúdo digital em vários idiomas. A TransifexSmartling e a Phraseapp são alguns exemplos de plataformas que disponibilizam sistemas de tradução. 

Um caso interessante é o da Pipefy. No início, eles possuíam poucos recursos financeiros, mas já sabiam que começariam um negócio com foco global. A grande sacada foi utilizar a ferramenta Phraseapp para traduzir a plataforma; deu certo, hoje a Pipefy está presente em diversos países do mundo. 

Outra forma de fazer traduções é utilizando a mão de obra de freelancers, esses profissionais podem ser encontrados em diversas comunidades online como por exemplo o Freelancer.com ou Upwork.com. Além disso, os próprios consumidores nativos podem auxiliar voluntariamente na tradução e melhoria das versões. 

Essas soluções vão auxiliar a começar o processo de internacionalização. Claro, elas resolvem somente parte do problema, pois ainda há a necessidade de conhecer o mercado, entender e se comunicar com os consumidores em outros países, mas, ao menos, podem ajudar a sua empresa a dar o primeiro passo rumo ao mercado global.

 

 

 

 

Startups

The Business Change
Giovanna Zeny
Giovanna Zeny Seguir

Head of Business Transformation na HAG. Mestranda em Adm pela UFPR, com ênfase em Inovação Aberta e Corporate Venture Capital. Alumni da European Innovation Academy e Alumni da Fundação Alexander von Humboldt, Alemanha.

Ler conteúdo completo
Indicados para você