[ editar artigo]

COVID-19, o maior catalizador da transformação digital

COVID-19, o maior catalizador da transformação digital

COVID-19, o maior catalizador da transformação digital. Embora muitos aspectos da vida estejam parados nesse momento, muitas organizações estão se esforçando ao máximo para transformar seus negócios.

À medida que a pandemia se estende e as empresas se acostumam com seu novo “normal”, muitos estão pensando em como seus planos evoluirão a longo prazo. O que começará, parará ou continuará depois que a crise diminuir?

Com muitas incógnitas pela frente, pode fazer sentido dar um passo atrás e reavaliar metas, objetivos e cronogramas. No entanto, a velocidade com que as empresas tiveram que se adaptar durante a pandemia e a necessidade de foco forneceram o impulso que muitos líderes precisavam para acelerar determinados objetivos de transformação digital.

O trabalho remoto veio para ficar

Grande parte da força de trabalho não retornará a um escritório tradicional e ao horário comercial pós-pandemia. O COVID-19 foi o maior teste da necessidade de uma força de trabalho flexível e remota. Após a crise, muitos trabalhadores continuarão adotando o trabalho remoto. Os projetos de transformação digital pós-pandemia devem se concentrar em melhorar a experiência de trabalho remoto.

As empresas estão percebendo que a produtividade pode ser mantida mesmo fora de um escritório físico, então, trabalhar remotamente será extremamente popular. É importante que as empresas invistam em recursos que permitam que a equipe permaneça conectada. Isso deve se tornar parte da cultura da empresa e, o mais importante, permitir que a entrega do trabalho aconteça da maneira mais eficiente possível mesmo sem a equipe estar fisicamente no escritório.

Educação on-line como estratégia de longo prazo

Assim como os funcionários estão aprendendo a trabalhar eficientemente em casa, os alunos estão se adaptando à educação remota. Embora nada substitua a experiência em sala de aula, a educação online também veio para ficar e pode se tornar parte do currículo mesmo após a crise. Isso pode ser o início de uma drástica mudança cultural.

Agilidade

Muito além da pandemia, muitas empresas concentrarão os esforços de transformação digital nas pessoas, processos e tecnologias que as tornem mais resilientes e adaptáveis às mudanças futuras. As empresas que, nos últimos anos, investiram e incentivaram em suas equipes uma cultura ágil, conseguiram se adaptar às circunstâncias atuais com maior suavidade do que outras com estruturas rígidas.

A pandemia global nos colocou em um mundo totalmente novo. Os líderes empresariais não podem dar ao luxo de adiar  a transformação digital. Tomar as decisões corretas agora ajudará a garantir que a sua empresa passe por esse momento da forma mais suave possível e que mantenha-se bem posicionada quando a crise passar.

Transformação de negócios

The Business Change
Giovanna Zeny
Giovanna Zeny Seguir

Head of Business Transformation na HAG. Mestranda em Adm pela UFPR, com ênfase em Inovação Aberta e Corporate Venture Capital. Alumni da European Innovation Academy e Alumni da Fundação Alexander von Humboldt, Alemanha.

Ler conteúdo completo
Indicados para você